sexta-feira, novembro 24, 2006

Porque voto "sim"

O aborto é um acto de uma enorme violência física e psicológica, algo que pode deixar na mulher marcas para o resto da vida. Parece-me lícito assumir, portanto, que a mulher que aborta tem razões para acreditar que o nascimento da criança será ainda pior do que o sofrimento associado ao aborto.

O "sim" diz que a mulher merece todo o apoio médico que precisa, para minorar as consequências de um acto já de si extremamente violento. Pode até ser que, com a informação obtida pelos médicos ou assistentes sociais, descubra que afinal tem uma alternativa viável ao aborto.

O "não" diz que a mulher, caso sobreviva ao aborto clandestino, deve ser ainda mais castigada, humilhada em tribunal, exposta na praça pública, e encerrada numa prisão para servir de exemplo.

Eu voto "sim". E você?

2 comentários:

Em 28 novembro, 2006 16:05, Blogger SC disse...

Eu também voto sim, pois claro. Pela liberdade de escolha. Por condições dignas.

 
Em 03 dezembro, 2006 13:28, Anonymous fábula disse...

eu tb voto sim, pois o aborto ñ deixa de acontecer p causa do não, o q acontece é q quem tem dinheiro vai a Espanha, quem ñ tem sujeita-se a más condições e falta de compreensão.

 

Enviar um comentário